Do dia 11 de abril a 3 de maio, o Cine Humberto Mauro traz ao público a mostra Grandes Nomes do Kung Fu. Reunindo 27 longas que abordam o universo da milenar arte marcial chinesa, a mostra pode ser dividida em três eixos principais: ação, comédia de ação e wuxia, gênero literário e cinematográfico tradicional chinês, que tem suas origens datadas há mais de 5 milênios.

Confira a PROGRAMAÇÃO completa da mostra.

Acesse as SINOPSES dos filmes.

O cinema de Kung Fu trata, sobretudo, de uma questão de identidade nacional devido à colonização britânica de Hong Kong, onde nasceu. Nos filmes, era possível expressar a insatisfação com o apagamento geral das tradições chinesas.

A mostra é heterogênea e a seleção demonstra a reestruturação do cinema de Kung Fu clássico dos anos 60 até sua desconstrução no cinema mais contemporâneo, com longas desde 1972 até 2016. Filmes de Stephen Chow como Kung Fusão (2004) vão abordar preceitos e fórmulas do wuxia clássico e trabalhar esse aspecto do ridículo, aproximando do realismo.

O gênero tradicional wuxia tem como base a cultura milenar da formação religiosa chinesa e, por isso, costuma ser mal interpretado pelos ocidentais. Princípios do budismo e xintoísmo são tratados socialmente, e uma forma de Hong Kong afirmar sua identidade foi recontar essas histórias milenares no cinema, em que os personagens são capazes de aperfeiçoar o controle da força universal do Chi e atingirem feitos sobre-humanos. 

A mostra Grandes Nomes do Kung Fu traz grandes destaques tradicionais como Bruce Lee, com a obra Operação Dragão (1973).

 

 

Já Jackie Chan estrela Police Story (1985), uma reestruturação do cinema policial com características do Kung Fu.

 

 

No wuxia Herói (2002), Jet Li interpreta um lutador sem nome que se propõe a enfrentar os assassinos de elite que ameaçam o soberano da província do norte da China, num exemplo da excelência da linguagem corporal do Kung Fu.

 

EVENTO
Mostra Grandes Nomes do Kung Fu

CLASSIFICAÇÃO
Verifique a classificação indicativa de cada filme na programação

INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO
(31) 3236-7400, pelo link Fale Conosco no site www.fcs.mg.gov.br ou pelo Facebook em @fundacaoclovissalgado